logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1
, , ,

Os benefícios do Exercício para Ansiedade

Exercício para Ansiedade

Introdução

Você já se perguntou se existe um jeito de reduzir a ansiedade naturalmente? E se houver algo que possamos fazer para nos sentirmos mais calmos e confiantes todos os dias? O exercício é a resposta!

Exercitar-se todos os dias pode ajudar a aliviar a ansiedade. Os exercícios não apenas expandem as nossas habilidades físicas, mas também influenciam nossa mentalidade e disposição.

Neste artigo, vamos discutir os benefícios do exercício para ansiedade e dar-lhe algumas dicas sobre como começar. Vamos também falar sobre os tipos de exercício que são os melhores para lidar com ansiedade.

 

banner 250x250 1

 

Benefícios do Exercício para Ansiedade

O exercício tem sido amplamente reconhecido como uma forma eficaz de aliviar sintomas de ansiedade. Estudos mostram que a atividade física regular aumenta os níveis de neurotransmissores, como a serotonina, responsável por estimular o humor e ajudar a prevenir ou reduzir o risco de problemas de saúde mental. Além disso, o exercício também produz endorfinas, que são substâncias químicas naturais no cérebro que nos ajudam a nos sentirmos felizes e a reduzir nosso estresse.

Os benefícios do exercício para a ansiedade podem ser observados tanto no curto quanto no longo prazo. Estudos mostram que a prática regular de exercícios contribui para aumentar a autoestima, melhorar o humor, reduzir o estresse e aumentar a energia de quem o pratica. Também melhora o sono, o que é importante para manter a saúde mental e emocional.

Além disso, a prática regular de exercícios também ajuda a desenvolver o autocontrole, melhorando a capacidade de lidar com emoções desafiadoras. Ela também nos ajuda a gerenciar o pensamento negativo e a substituí-lo por pensamentos mais realistas e saudáveis.Por fim, o exercício tem um papel fundamental na redução dos sintomas de ansiedade, contribuindo para o bem-estar físico, mental e emocional.

Aumento da Autoconfiança

O exercício pode ser benéfico para pessoas que sofrem de ansiedade, pois pode ajudar a aumentar o nível de autoconfiança. Quando a ansiedade impede que uma pessoa realize tarefas simples e até mesmo saia de casa, perder o sentimento de confiança em si mesmo é comum. O exercício, quando praticado com frequência, pode ajudar a restaurar a autoconfiança, sentindo-se mais seguro e capaz de enfrentar os desafios do dia a dia. Quando se tem confiança em si mesmo, a ansiedade fica mais controlada e se torna um problema menos premente. Além disso, o exercício é importante para o controle da ansiedade porque encoraja o autocuidado e a consciência corporal, que são importantes para melhorar o sentimento de confiança.

Redução dos Sintomas de Ansiedade

O exercício tem demonstrado ser uma ferramenta eficaz para ajudar as pessoas a reduzir os sintomas de ansiedade. Um estudo de 2018 publicado na revista de saúde mental, descobriu que o exercício foi mais eficaz na redução da ansiedade que outros métodos, como a terapia cognitiva. O exercício físico estimula o sistema nervoso e libera neurotransmissores que ajudam a reduzir a ansiedade. Além disso, o exercício melhora a energia mental, o humor, o bem-estar e o autocontrole. Estes efeitos são benéficos para a redução a longo prazo dos sintomas de ansiedade.

Aumento da Função Cognitiva

O exercício físico tem sido comprovado como um recurso eficaz para promover o bem-estar mental. Além de reduzir a ansiedade, o exercício também tem o potencial de melhorar a capacidade cognitiva. Os estudos sugerem que o exercício contribui para melhorar a memória, o foco e o pensamento criativo. Isso ocorre pois o exercício estimula a liberação de hormônios que contribuem para um melhor desempenho cognitivo. Além disso, a prática de exercícios regularmente induz a liberação de neurotransmissores importantes para o desenvolvimento cerebral e a estimulação da plasticidade neuronal. Por fim, o exercício aumenta a circulação sanguínea e oxigenação cerebral, ajudando a reduzir o estresse e a ansiedade.

Melhoria do Sono

Atualmente, muitos adultos têm relato de problemas relacionados ao sono como consequência da ansiedade. Apesar de ser difícil levantar a motivação para realizar alguma atividade física quando você está ansioso, os exercícios podem ajudar a obter uma boa noite de sono. Um estudo, publicado no periódico ‘Medicina do Esporte’, comentou que a realização de exercícios aeróbicos melhorou o sono das pessoas que sofrem com os distúrbios de ansiedade. Além disso, um estudo sobre a ansiedade e o exercício físico, publicado no periódico ‘Psicologia: Teoria, Pesquisa e Prática’, concluiu que o exercício não só ajuda a prevenir sintomas de ansiedade, mas também melhora a qualidade do sono. Portanto, realizar exercícios físicos regualmente traz benefícios à saúde, incluindo uma melhor qualidade de sono, para aqueles que sofrem com ansiedade.

Como Começar

Começar um programa de exercícios para tratar a ansiedade e reduzir os sintomas do transtorno de ansiedade geral pode parecer assustador. É normal ter medo e preocupações. A melhor coisa a fazer é começar devagar, fazendo exercícios leves e tranquilos.

Os tipos de exercícios ideais para começar são atividades de baixo impacto, como caminhadas ou natação suave. O objetivo é começar com uma quantidade pequena de exercício – talvez 10 a 15 minutos por sessão – e aumentar gradualmente.

Com o tempo, a intensidade dos exercícios pode ser aumentada para incluir outros tipos de atividades, como ioga, ciclismo, corridas curtas, natação vigorosa, jogar tênis, etc. A idéia é criar um programa de exercícios que se encaixe perfeitamente na sua rotina e seja divertido.

Encontrar um programa de exercícios personalizado pode ser uma ótima opção. Um treinador pessoal ou terapeuta esportivo experiente pode ajudá-lo a estabelecer metas realistas, desenvolver um plano de exercícios seguro e apoiá-lo ao longo do processo.

Se você optarpor seguir um programa de exercícios por conta própria, é importante lembrar de não se esforçar demais. Comece devagar e aumente gradualmente a intensidade do exercício. Além disso, é importante descansar entre as sessões para evitar lesões. Se você sentir dor, desconforto ou cansaço excessivo durante ou após os exercícios, pare e descanse.

Escolhendo um Tipo de Exercício

A escolha do tipo certo de exercício para reduzir os sintomas da ansiedade depende de muitos fatores específicos e de preferência pessoal. Exercícios de baixo impacto, como caminhada e natação, são frequentemente recomendados, pois são fáceis de ajustar para um nível de atividade confortável que também seja eficaz. Estudos mostram que o exercício de alta intensidade é igualmente eficaz: o aumento dos batimentos cardíacos e da temperatura corporal são fatores importantes no tratamento da ansiedade. Além disso, o treinamento de resistência e o fortalecimento também produzem resultados significativos na redução da ansiedade. Antes de começar, é aconselhável consultar o seu médico para identificar seu nível de condicionamento e quantidade de exercícios recomendada para os seus objetivos.

Encontrando um Local para Exercitar-se

Quando se trata de exercício para aliviar a ansiedade, tem a escolha de fazê-lo em casa ou ao ar livre. Para exercitar em casa, muitas pessoas optam por comprar equipamentos de ginástica comuns, como tapetes de yoga, bicicletas ergométricas e máquinas de remo. Estes equipamentos permitem realizar uma variedade de tarefas físicas em segurança e na comodidade do seu próprio lar.

No entanto, algumas pessoas preferem se exercitar ao ar livre, pois isso pode fornecer ainda mais benefícios para a saúde mental. Ao escolher uma atividade ao ar livre, como andar de bicicleta, nadar, correr ou caminhar, você pode desfrutar dos benefícios de estar ao ar livre, como ver a natureza e sentir o sol no rosto. Além disso, exercitar-se ao ar livre ajuda você a sentir uma maior conexão com o meio ambiente.

Comprometimento e Consistência

Encontrar tempo para realizar exercícios pode ser desafiador, especialmente para aqueles que sofrem de ansiedade. No entanto, o comprometimento com o exercício é o principal para lidar com os sintomas. Manter uma rotina consistente de exercícios também pode ajudar a reduzir a ansiedade. Para sentir os benefícios do exercício, é importante planejar e comprometer-se com a realização regular dos exercícios, como aqueles relacionados especificamente ao alívio da ansiedade.

Tipos de Exercício Para Ansiedade

O exercício é uma grande ferramenta para quem sofre de ansiedade, pois ajuda a aliviar as pressões do dia-a-dia que podem levar a sensações de estresse e medo. De acordo com a Associação Americana de Psiquiatria, o exercício melhora a autoestima, proporciona alívio para o estresse, aumenta o bem-estar físico e mental e reduz os sintomas da ansiedade.

O exercício pode ser eficaz para combater a ansiedade, independentemente da forma em que é feito. Existem algumas formas eficazes de exercício para auxiliar quem sofre de ansiedade.

Respiração Profunda

A respiração profunda ou yoga é uma das formas mais simples de exercício para combater a ansiedade. Esta técnica de respiração envolve respirar lentamente e profundamente, enquanto se concentra no momento. Esta prática pode ajudar a reduzir a pressão sanguínea, reduzir os níveis de cortisol (hormônio do estresse) e até mesmo relaxar os músculos.

Caminhada

A caminhada é uma ótima forma de exercício para aqueles que sofrem de ansiedade. Caminhar é uma atividade leve que pode ser feita em qualquer lugar. Além disso, a caminhada pode ser uma ótima maneira de descarregar o estresse e a ansiedade acumulada do dia-a-dia.

Atividade Física

Outra forma de exercício que pode ajudar a aliviar a ansiedade é a atividade física regular. Praticar exercícios regulares, como natação, corrida ou ciclismo, pode aumentar a produção de endorfina, o que reduz os níveis de ansiedade. Além disso, as atividades físicas também podem aumentar a capacidade de concentração e melhorar a qualidade do sono.

 

Exercício Aeróbico

O exercício aeróbico tem sido cada vez mais conhecido como um mecanismo eficaz para combater a ansiedade. Estudos sugerem que exercícios de intensidade moderada a alta podem alterar os circuitos neurais relacionados à ansiedade. Nesses circuitos, as áreas que exercem maior influência são aquelas que são responsáveis pela produção de neurotransmissores que atuam na regulação do humor.

De acordo com a American Psychological Association, o exercício aeróbico é um ótimo meio de reduzir os níveis de ansiedade. A realização de exercícios regularmente pode ajudar a lidar com problemas de ansiedade, como estresse, medo e preocupação. Além disso, a prática de exercícios pode ajudar a melhorar o estado geral de saúde mental, pois libera substâncias químicas que promovem o bem-estar.

Exercícios de Respiração

são uma parte importante de uma rotina de exercícios para controlar a ansiedade. Com a prática de exercícios de respiração, os indivíduos podem aprender técnicas para monitorar e controlar sua ansiedade. Uma das mais conhecidas técnicas é a Respiração Profunda, que consiste em respirar profunda e lentamente por alguns minutos, prestando atenção na respiração e focando sua consciência na respiração. O Exercício de Respiração pode também ajudar a reduzir a frequência cardíaca e relaxar os músculos. Desta forma, os indivíduos podem usar esse exercício para recarregar suas energias, gerenciando melhor seu nível de ansiedade.

Meditação

é uma ferramenta extremamente útil para lidar com a ansiedade. O exercício de meditação tem sido utilizado como forma de aliviar a tensão e de fortalecer a resistência às emoções difíceis. Ao meditar, o corpo é acrescentado com a capacidade de controlar e reduzir a ansiedade, alcançando um estado de calma. A meditação também pode ser uma ferramenta eficaz para ajudar as pessoas a lidar com pensamentos negativos, e tem sido amplamente utilizada como um método de prevenção para a manifestação de sintomas de ansiedade e depressão. O exercício da meditação é uma ótima forma de aliviar os sintomas da ansiedade e melhorar o bem-estar geral.

Yoga

tem se tornado cada vez mais popular ao longo dos anos como forma de aliviar os sintomas da ansiedade. Praticar yoga regularmente pode ajudar a melhorar o controle do estresse e da ansiedade, bem como ajudar a aliviar a pressão do dia a dia. A prática de yoga ajuda a promover a consciência do corpo e da mente, oferecendo às pessoas o tempo e o espaço necessários para sair da rotina diária. Além disso, o exercício físico tem um papel importante na redução da ansiedade. A prática regular de yoga ajuda as pessoas a aumentar seu nível de condicionamento físico, o que aumenta a resistência à ansiedade e ajuda a lidar com ela de maneira mais eficaz.

Facebook
Twitter
Email
Print
Artigos Relacionados.