logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é: Compulsão

A compulsão é um transtorno psicológico caracterizado pela necessidade irresistível de realizar determinados comportamentos repetitivos, mesmo que eles sejam prejudiciais ou não tenham uma finalidade clara. Esses comportamentos são realizados de forma automática e sem controle consciente, gerando uma sensação de alívio temporário, seguida de culpa e frustração.

Tipos de compulsão

Existem diversos tipos de compulsão, sendo que cada um deles está associado a um comportamento específico. Alguns dos tipos mais comuns incluem:

Compulsão alimentar

A compulsão alimentar é caracterizada pela ingestão excessiva de alimentos em um curto período de tempo, mesmo quando não se está com fome. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente sentem uma sensação de perda de controle durante os episódios de compulsão e podem apresentar sentimentos de culpa e vergonha após a ingestão excessiva de alimentos.

Compulsão por compras

A compulsão por compras é caracterizada pela necessidade compulsiva de comprar produtos, mesmo que não sejam necessários ou que a pessoa não tenha condições financeiras para isso. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente apresentam dificuldades em controlar seus impulsos de compra e podem acumular grandes quantidades de objetos desnecessários.

Compulsão por jogos de azar

A compulsão por jogos de azar é caracterizada pela necessidade compulsiva de jogar, mesmo que isso cause problemas financeiros, emocionais e sociais. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente apresentam dificuldades em parar de jogar, mesmo quando estão perdendo grandes quantidades de dinheiro.

Compulsão por limpeza

A compulsão por limpeza é caracterizada pela necessidade compulsiva de realizar atividades de limpeza e higiene, mesmo que não haja uma justificativa clara para isso. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente gastam longos períodos de tempo realizando atividades de limpeza e podem apresentar dificuldades em relaxar ou se sentir satisfeitas com o resultado.

Compulsão por trabalho

A compulsão por trabalho é caracterizada pela necessidade compulsiva de trabalhar excessivamente, mesmo que isso prejudique a saúde física e mental da pessoa. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente têm dificuldades em estabelecer limites saudáveis entre o trabalho e a vida pessoal, e podem apresentar sintomas de estresse e exaustão.

Compulsão sexual

A compulsão sexual é caracterizada pela necessidade compulsiva de realizar atividades sexuais de forma excessiva e descontrolada. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente têm dificuldades em controlar seus impulsos sexuais e podem apresentar comportamentos de risco, como relações sexuais sem proteção ou envolvimento em atividades sexuais ilegais.

Compulsão por exercícios físicos

A compulsão por exercícios físicos é caracterizada pela necessidade compulsiva de se exercitar de forma excessiva, mesmo que isso cause danos à saúde física e mental da pessoa. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente têm dificuldades em parar de se exercitar, mesmo quando estão exaustas ou lesionadas.

Compulsão por internet

A compulsão por internet é caracterizada pela necessidade compulsiva de estar conectado à internet e de utilizar redes sociais, jogos online e outras atividades virtuais de forma excessiva. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente apresentam dificuldades em controlar o tempo gasto na internet e podem negligenciar outras áreas importantes da vida, como o trabalho, os estudos e os relacionamentos pessoais.

Compulsão por arrancar cabelos

A compulsão por arrancar cabelos, também conhecida como tricotilomania, é caracterizada pela necessidade compulsiva de arrancar os próprios cabelos, levando à perda significativa de cabelo e ao surgimento de áreas calvas. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente arrancam os cabelos de forma automática e sem controle consciente, e podem apresentar sentimentos de vergonha e baixa autoestima.

Compulsão por roer unhas

A compulsão por roer unhas, também conhecida como onicofagia, é caracterizada pela necessidade compulsiva de roer as próprias unhas, levando ao enfraquecimento e deformação das mesmas. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente roem as unhas de forma automática e sem controle consciente, e podem apresentar dificuldades em parar com esse comportamento mesmo quando desejam.

Compulsão por acumular objetos

A compulsão por acumular objetos, também conhecida como síndrome de Diógenes, é caracterizada pela necessidade compulsiva de acumular e guardar objetos desnecessários, mesmo que isso cause problemas de espaço e higiene. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente têm dificuldades em se desfazer de objetos e podem apresentar dificuldades em manter sua casa organizada e limpa.

Compulsão por automutilação

A compulsão por automutilação é caracterizada pela necessidade compulsiva de se ferir de forma intencional, geralmente através de cortes, queimaduras ou outros tipos de agressões físicas. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente utilizam a automutilação como uma forma de aliviar a angústia emocional e podem apresentar cicatrizes e lesões frequentes.

Compulsão por uso de substâncias

A compulsão por uso de substâncias, também conhecida como dependência química, é caracterizada pela necessidade compulsiva de utilizar substâncias psicoativas, como álcool, drogas ilícitas ou medicamentos, mesmo que isso cause problemas físicos, psicológicos e sociais. As pessoas que sofrem desse tipo de compulsão geralmente têm dificuldades em controlar seu consumo de substâncias e podem apresentar sintomas de abstinência quando tentam parar de usá-las.

Tratamento da compulsão

O tratamento da compulsão geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar, que inclui o acompanhamento psicológico, psiquiátrico e, em alguns casos, o uso de medicamentos. O objetivo do tratamento é ajudar a pessoa a identificar as causas subjacentes da compulsão, desenvolver estratégias de enfrentamento saudáveis e aprender a controlar os impulsos compulsivos.

Conclusão

Removida conforme solicitação.