logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é Locus de controle externo?

O locus de controle externo é um conceito psicológico que se refere à crença de que os eventos e resultados da vida são determinados principalmente por fatores externos, como sorte, destino ou influência de outras pessoas. Indivíduos com um locus de controle externo tendem a acreditar que não têm controle sobre sua própria vida e que suas ações não têm impacto significativo nos resultados que experimentam.

Origem e desenvolvimento do conceito

O conceito de locus de controle externo foi introduzido pela primeira vez pelo psicólogo Julian B. Rotter em 1954. Rotter propôs que as pessoas diferem em sua tendência a atribuir causas internas ou externas para os eventos que ocorrem em suas vidas. Ele desenvolveu uma escala de locus de controle para medir essa tendência e descobriu que indivíduos com um locus de controle externo eram mais propensos a apresentar comportamentos passivos e a se sentir impotentes diante das circunstâncias.

Características do locus de controle externo

Indivíduos com um locus de controle externo tendem a apresentar algumas características distintas. Eles podem sentir que suas ações não têm impacto significativo nos resultados que experimentam, o que pode levar a uma sensação de impotência e falta de motivação para buscar mudanças positivas em suas vidas. Essas pessoas também podem ser mais propensas a atribuir seus sucessos a fatores externos, como sorte, e seus fracassos a fatores internos, como falta de habilidade ou capacidade.

Influências no desenvolvimento do locus de controle externo

O desenvolvimento do locus de controle externo pode ser influenciado por uma variedade de fatores. Por exemplo, experiências de vida negativas, como traumas ou abusos, podem levar as pessoas a acreditar que não têm controle sobre suas circunstâncias. Além disso, a criação de um ambiente familiar superprotetor, onde as decisões são tomadas pelos pais ou cuidadores, pode contribuir para o desenvolvimento de um locus de controle externo.

Impacto do locus de controle externo na vida das pessoas

O locus de controle externo pode ter um impacto significativo na vida das pessoas. Indivíduos com um locus de controle externo podem ser menos propensos a assumir responsabilidade por suas ações e a buscar mudanças positivas em suas vidas. Eles podem se sentir impotentes diante das circunstâncias e acreditar que não têm controle sobre seu próprio destino. Isso pode levar a uma falta de motivação e a uma maior probabilidade de experimentar sentimentos de ansiedade e depressão.

Relação entre locus de controle externo e sucesso

Estudos têm mostrado que o locus de controle externo está associado a um menor nível de sucesso em várias áreas da vida. Indivíduos com um locus de controle externo podem ser menos propensos a buscar oportunidades de crescimento e a assumir riscos necessários para alcançar o sucesso. Eles podem atribuir seus fracassos a fatores externos, em vez de reconhecer sua própria responsabilidade e buscar maneiras de melhorar.

Como desenvolver um locus de controle interno

Embora o locus de controle externo possa ter um impacto negativo na vida das pessoas, é possível desenvolver um locus de controle interno, onde se acredita que as ações individuais têm um impacto significativo nos resultados. Alguns passos que podem ajudar a desenvolver um locus de controle interno incluem:

1. Assumir responsabilidade por suas ações e escolhas.

2. Reconhecer que você tem o poder de influenciar os resultados em sua vida.

3. Definir metas realistas e trabalhar para alcançá-las.

4. Aprender com os fracassos e usar essas experiências como oportunidades de crescimento.

5. Cultivar uma mentalidade positiva e acreditar em seu próprio potencial.

Considerações finais

O locus de controle externo é um conceito importante na psicologia que se refere à crença de que os eventos e resultados da vida são determinados principalmente por fatores externos. Indivíduos com um locus de controle externo tendem a acreditar que não têm controle sobre sua própria vida e que suas ações não têm impacto significativo nos resultados que experimentam. No entanto, é possível desenvolver um locus de controle interno, onde se reconhece o poder de influenciar os resultados e buscar mudanças positivas em sua vida.