logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é: Luto infantil

O luto infantil é um processo de vivência e expressão de sentimentos de perda e dor por parte de crianças. Assim como os adultos, as crianças também enfrentam situações de perda, como a morte de um ente querido, e precisam lidar com as emoções que surgem a partir desse evento. No entanto, o luto infantil apresenta características próprias, uma vez que as crianças ainda estão em desenvolvimento emocional e cognitivo.

Como as crianças vivenciam o luto?

As crianças vivenciam o luto de maneira diferente dos adultos. Elas podem apresentar dificuldades em compreender a morte como um evento irreversível e permanente, o que pode levar a questionamentos e fantasias sobre o retorno da pessoa falecida. Além disso, as crianças podem expressar suas emoções de forma mais intensa e variada, alternando momentos de tristeza profunda com momentos de alegria aparente.

Os estágios do luto infantil

Assim como os adultos, as crianças também passam por estágios no processo de luto. No entanto, esses estágios podem se manifestar de forma diferente e em momentos distintos para cada criança. Alguns dos estágios comuns no luto infantil são:

Negação

Na fase de negação, a criança pode se recusar a acreditar na morte da pessoa querida. Ela pode esperar que a pessoa volte ou até mesmo fingir que nada aconteceu. Essa negação pode ser uma forma de proteção emocional, uma vez que a criança ainda não está pronta para lidar com a realidade da perda.

Raiva

A raiva é uma emoção comum no luto infantil. A criança pode sentir raiva da pessoa que morreu, de si mesma por não ter evitado a morte ou até mesmo de outras pessoas ao seu redor. Essa raiva pode se manifestar de diversas formas, como explosões de raiva, agressividade ou comportamentos desafiadores.

Tristeza

A tristeza é uma das emoções mais presentes no luto infantil. A criança pode sentir uma profunda tristeza pela perda da pessoa querida e pode expressar essa emoção através de choro, isolamento social, falta de interesse em atividades que antes eram prazerosas, entre outros sinais.

Negociação

Na fase de negociação, a criança pode tentar fazer acordos imaginários para trazer a pessoa falecida de volta. Ela pode fazer promessas ou criar situações em sua mente em que a pessoa retorna. Essa fase é uma forma de lidar com a dor da perda e tentar encontrar uma solução para o sofrimento.

Aceitação

A aceitação é o estágio final do luto infantil, em que a criança começa a compreender e aceitar a morte da pessoa querida. Ela passa a integrar a perda em sua vida e a encontrar formas de seguir adiante, mantendo a memória da pessoa falecida viva em seu coração.

Como ajudar uma criança em luto?

É importante que os adultos estejam presentes e disponíveis para apoiar as crianças durante o processo de luto. Alguns cuidados que podem ser tomados incluem:

Comunicação aberta

É fundamental que a criança se sinta à vontade para falar sobre seus sentimentos e emoções relacionados à perda. Os adultos devem estar dispostos a ouvir e acolher essas expressões, sem julgamentos ou pressões.

Validação dos sentimentos

Os adultos devem validar os sentimentos da criança, mostrando compreensão e empatia. É importante que a criança saiba que é normal sentir tristeza, raiva, confusão ou qualquer outra emoção durante o luto.

Manutenção de rotina

Manter uma rotina estável e previsível pode ajudar a criança a se sentir segura e amparada durante o processo de luto. Isso inclui manter horários regulares para alimentação, sono, estudo e lazer.

Busca de apoio profissional

Em alguns casos, pode ser necessário buscar o apoio de um profissional especializado em luto infantil, como psicólogos ou terapeutas. Esses profissionais podem auxiliar tanto a criança quanto os adultos envolvidos no processo, oferecendo suporte emocional e estratégias para lidar com o luto.

Conclusão

O luto infantil é um processo complexo e único para cada criança. É importante que os adultos estejam presentes e disponíveis para apoiar as crianças durante esse período, oferecendo um ambiente seguro e acolhedor. O entendimento das fases do luto infantil e a busca por ajuda profissional quando necessário são fundamentais para auxiliar as crianças a lidarem com suas emoções e encontrarem formas saudáveis de enfrentar a perda.