logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é Memória Sensorial?

A memória sensorial é uma forma de memória de curto prazo que está diretamente relacionada aos nossos sentidos. Ela é responsável por armazenar informações sensoriais por um curto período de tempo, permitindo que possamos processar e interpretar o mundo ao nosso redor. A memória sensorial é uma etapa inicial do processo de memória, onde as informações são captadas pelos nossos sentidos e temporariamente armazenadas antes de serem transferidas para a memória de longo prazo.

Tipos de Memória Sensorial

A memória sensorial é composta por diferentes tipos de memória, cada um relacionado a um sentido específico. Os principais tipos de memória sensorial são:

Memória Iconica

A memória icônica está relacionada à visão e é responsável por armazenar informações visuais por um curto período de tempo. Ela nos permite reter uma imagem visual por alguns segundos, mesmo após o estímulo ter desaparecido. Por exemplo, quando olhamos para uma paisagem e fechamos os olhos, ainda conseguimos “ver” a imagem por alguns instantes antes que ela desapareça.

Memória Ecoica

A memória ecoica está relacionada à audição e é responsável por armazenar informações auditivas por um curto período de tempo. Ela nos permite reter sons e palavras por alguns segundos, mesmo após o estímulo ter cessado. Por exemplo, quando ouvimos alguém falando e prestamos atenção em suas palavras, ainda conseguimos “ouvir” a voz por alguns instantes antes que ela desapareça.

Memória Háptica

A memória háptica está relacionada ao tato e é responsável por armazenar informações táteis por um curto período de tempo. Ela nos permite reter sensações táteis, como texturas e temperaturas, por alguns segundos. Por exemplo, quando tocamos em uma superfície áspera e depois fechamos os olhos, ainda conseguimos “sentir” a textura por alguns instantes antes que ela desapareça.

Memória Gustativa

A memória gustativa está relacionada ao paladar e é responsável por armazenar informações relacionadas aos sabores por um curto período de tempo. Ela nos permite reter o sabor de alimentos e bebidas por alguns segundos. Por exemplo, quando provamos um alimento e depois fechamos a boca, ainda conseguimos “sentir” o sabor por alguns instantes antes que ele desapareça.

Memória Olfativa

A memória olfativa está relacionada ao olfato e é responsável por armazenar informações relacionadas aos cheiros por um curto período de tempo. Ela nos permite reter o cheiro de substâncias e ambientes por alguns segundos. Por exemplo, quando sentimos um perfume e depois nos afastamos, ainda conseguimos “cheirar” o aroma por alguns instantes antes que ele desapareça.

Funcionamento da Memória Sensorial

A memória sensorial funciona como um filtro inicial para as informações captadas pelos nossos sentidos. Ela retém as informações por um curto período de tempo, permitindo que nosso cérebro selecione as informações relevantes para serem processadas e armazenadas na memória de longo prazo. Esse processo de seleção é essencial para evitar a sobrecarga de informações e garantir que apenas as informações importantes sejam retidas.

Duração da Memória Sensorial

A duração da memória sensorial varia de acordo com o tipo de memória e o sentido envolvido. Em geral, a memória icônica tem uma duração de cerca de meio segundo a um segundo, enquanto a memória ecoica pode durar até alguns segundos. Já a memória háptica, gustativa e olfativa têm uma duração ainda mais curta, geralmente de alguns segundos.

Importância da Memória Sensorial

A memória sensorial desempenha um papel fundamental no processamento e interpretação das informações sensoriais que recebemos constantemente. Ela nos permite reter brevemente as informações captadas pelos nossos sentidos, possibilitando uma análise mais detalhada e a tomada de decisões adequadas. Além disso, a memória sensorial é essencial para a formação da memória de longo prazo, pois as informações retidas são transferidas para essa etapa posteriormente.

Relação com a Memória de Longo Prazo

A memória sensorial está diretamente relacionada à memória de longo prazo. Após o processamento inicial das informações pela memória sensorial, as informações relevantes são transferidas para a memória de longo prazo, onde são armazenadas por um período mais prolongado. A memória de longo prazo é responsável por armazenar informações de forma duradoura e acessível, permitindo que possamos recordar eventos passados e utilizar conhecimentos adquiridos anteriormente.

Considerações Finais

A memória sensorial é uma etapa inicial do processo de memória, onde as informações captadas pelos nossos sentidos são temporariamente armazenadas. Ela é composta por diferentes tipos de memória, cada um relacionado a um sentido específico. A memória sensorial desempenha um papel fundamental no processamento e interpretação das informações sensoriais, permitindo uma análise mais detalhada e a tomada de decisões adequadas. É importante ressaltar que a memória sensorial é apenas uma etapa inicial do processo de memória, sendo necessário o envolvimento da memória de longo prazo para a retenção duradoura das informações.