logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é: Quadro de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é uma condição neurobiológica que afeta principalmente crianças, mas também pode persistir na adolescência e na vida adulta. Caracteriza-se por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade, que podem interferir significativamente no funcionamento diário e no desenvolvimento acadêmico e social do indivíduo.

Sintomas de desatenção

Os sintomas de desatenção são um dos principais aspectos do TDAH. Indivíduos com TDAH podem apresentar dificuldade em prestar atenção a detalhes, cometer erros por descuido em tarefas escolares ou no trabalho, ter dificuldade em manter o foco em atividades, parecer desatentos quando estão sendo falados diretamente, ter dificuldade em seguir instruções e em organizar tarefas e atividades.

Sintomas de hiperatividade

A hiperatividade é outro sintoma característico do TDAH. Pessoas com TDAH podem apresentar agitação motora excessiva, como mexer as mãos ou os pés constantemente, ter dificuldade em permanecer sentado, correr ou subir em objetos em momentos inadequados, falar excessivamente e ter dificuldade em brincar ou se envolver em atividades tranquilas.

Sintomas de impulsividade

A impulsividade é um terceiro sintoma comum do TDAH. Indivíduos com TDAH podem ter dificuldade em esperar sua vez em situações de grupo, interromper ou intrusar em conversas ou atividades de outros, apresentar respostas precipitadas antes que as perguntas sejam concluídas, ter dificuldade em controlar impulsos e em adiar gratificação.

Causas do TDAH

As causas exatas do TDAH ainda não são completamente compreendidas, mas acredita-se que seja uma combinação de fatores genéticos, ambientais e neurobiológicos. Estudos sugerem que o TDAH pode ser hereditário, com uma maior probabilidade de desenvolvimento em indivíduos que têm parentes de primeiro grau com o transtorno. Além disso, fatores ambientais, como exposição a toxinas durante a gravidez, prematuridade e baixo peso ao nascer, também podem desempenhar um papel no desenvolvimento do TDAH.

Diagnóstico do TDAH

O diagnóstico do TDAH é realizado por profissionais de saúde mental, como psicólogos ou psiquiatras, com base na avaliação clínica e no histórico do paciente. É importante descartar outras condições médicas ou psiquiátricas que possam estar causando os sintomas. O diagnóstico geralmente envolve a observação dos sintomas em diferentes ambientes, como em casa e na escola, e a avaliação do impacto dos sintomas no funcionamento diário do indivíduo.

Tratamento do TDAH

O tratamento do TDAH geralmente envolve uma abordagem multimodal, que inclui intervenções comportamentais, psicoterapia e, em alguns casos, medicação. As intervenções comportamentais podem ajudar o indivíduo a desenvolver habilidades de organização, gerenciamento de tempo e controle de impulsos. A psicoterapia pode ser útil para lidar com problemas emocionais e sociais relacionados ao TDAH. Em alguns casos, medicamentos estimulantes, como metilfenidato ou anfetaminas, podem ser prescritos para ajudar a controlar os sintomas do TDAH.

Impacto do TDAH na vida diária

O TDAH pode ter um impacto significativo na vida diária do indivíduo. Pode afetar negativamente o desempenho acadêmico, a organização pessoal, a capacidade de manter relacionamentos saudáveis e a autoestima. Indivíduos com TDAH podem enfrentar dificuldades em seguir instruções, concluir tarefas, cumprir prazos e manter o foco em atividades. É importante que eles recebam o suporte necessário para lidar com esses desafios e alcançar seu pleno potencial.

Estratégias de manejo do TDAH

Existem várias estratégias de manejo que podem ajudar indivíduos com TDAH a lidar com seus sintomas e melhorar seu funcionamento diário. Isso pode incluir a criação de rotinas estruturadas, o uso de lembretes visuais e alarmes para ajudar na organização e no gerenciamento do tempo, a quebra de tarefas em etapas menores e mais gerenciáveis, e a busca de apoio de profissionais de saúde mental e de grupos de apoio.

Considerações finais

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é uma condição neurobiológica que afeta a atenção, a hiperatividade e a impulsividade. É importante buscar um diagnóstico adequado e um tratamento adequado para ajudar os indivíduos com TDAH a lidar com seus sintomas e alcançar seu pleno potencial. Com o suporte adequado, é possível gerenciar os desafios do TDAH e levar uma vida plena e gratificante.