logo psicologos em brasília_Mesa de trabajo 1

O que é Ultrassonografia transvaginal?

A ultrassonografia transvaginal é um exame de imagem que utiliza ondas sonoras de alta frequência para visualizar os órgãos reprodutivos femininos, como o útero, os ovários e o colo do útero. É um procedimento não invasivo e indolor, que permite ao médico obter informações detalhadas sobre a saúde desses órgãos.

Como é realizado o exame?

O exame de ultrassonografia transvaginal é realizado com a paciente deitada em uma maca, com as pernas flexionadas e os pés apoiados em suportes. O médico introduz delicadamente um transdutor vaginal esterilizado na vagina da paciente, que emite ondas sonoras e captura as imagens dos órgãos internos. O transdutor é coberto por uma camisinha descartável e lubrificado para facilitar a inserção.

Para que serve a ultrassonografia transvaginal?

A ultrassonografia transvaginal é um exame amplamente utilizado na ginecologia e obstetrícia, pois permite diagnosticar e monitorar diversas condições relacionadas aos órgãos reprodutivos femininos. Entre as principais indicações estão:

1. Avaliação da saúde do útero e dos ovários

A ultrassonografia transvaginal é capaz de identificar a presença de miomas uterinos, pólipos endometriais, cistos ovarianos, tumores e outras alterações nos órgãos reprodutivos. Essas informações são fundamentais para o diagnóstico precoce de doenças e para o planejamento do tratamento adequado.

2. Monitoramento da ovulação

O exame também é utilizado para acompanhar o desenvolvimento dos folículos ovarianos e determinar o momento ideal para a ovulação. Isso é especialmente importante para casais que estão tentando engravidar, pois ajuda a identificar o período fértil da mulher.

3. Diagnóstico de gravidez

A ultrassonografia transvaginal é uma das principais ferramentas para confirmar a gravidez e determinar a idade gestacional. O exame permite visualizar o saco gestacional, o embrião e o batimento cardíaco fetal, fornecendo informações essenciais para o acompanhamento pré-natal.

4. Avaliação de sangramentos anormais

Em casos de sangramentos uterinos anormais, a ultrassonografia transvaginal pode ajudar a identificar a causa do problema. O exame permite visualizar possíveis alterações no endométrio, como pólipos, miomas ou hiperplasia, que podem estar causando o sangramento.

5. Investigação de dor pélvica

A ultrassonografia transvaginal também é utilizada para investigar a causa da dor pélvica, que pode estar relacionada a condições como endometriose, cistos ovarianos, infecções ou tumores. O exame permite visualizar os órgãos internos e identificar possíveis alterações.

6. Acompanhamento de tratamentos ginecológicos

Após o diagnóstico de uma condição ginecológica, a ultrassonografia transvaginal é frequentemente utilizada para acompanhar a eficácia do tratamento. O exame permite avaliar se as alterações identificadas estão diminuindo ou desaparecendo ao longo do tempo.

7. Avaliação pré-operatória

Antes de realizar uma cirurgia ginecológica, a ultrassonografia transvaginal pode ser solicitada para avaliar a extensão das alterações nos órgãos reprodutivos e auxiliar no planejamento da intervenção cirúrgica.

Conclusão

A ultrassonografia transvaginal é um exame de imagem fundamental na prática ginecológica e obstétrica. Ele permite ao médico obter informações detalhadas sobre a saúde dos órgãos reprodutivos femininos, auxiliando no diagnóstico e tratamento de diversas condições. É um procedimento seguro, indolor e de rápida realização, que oferece resultados precisos e confiáveis.